WESB 2015: VI WORKSHOP DE ENGENHARIA DE SOFTWARE BASEADA EM BUSCA

23 de setembro de 2015

Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil

http://cbsoft.org/cbsoft2015/workshops

O Workshop de Engenharia de Software Baseada em Busca (WESB), co-alocado ao VI Congresso Brasileiro de Software: Teoria e Prática (CBSoft 2015), tem contribuído para o crescimento da área de Engenharia de Software Baseada em Busca no cenário nacional, pois tornou-se um fórum de grande importância para discussão e divulgação de pesquisas em temas relacionados a esta área. A sexta edição do workshop pretende estimular a participação de uma ampla comunidade de pesquisa em Engenharia de Software, atrair pessoas que trabalham com desenvolvimento de software para que eles tragam seus problemas reais a serem resolvidos com algoritmos de busca. O Workshop inclui quatro sessões técnicas e uma palestra convidada.

Tópicos de Interesse

O Workshop de Engenharia de Software Baseada em Busca pretende atrair artigos em todos os temas relacionados à área, incluindo avanços teóricos, pesquisa aplicada e prática, estudos empíricos, e relatórios de experiências na indústria. Logo, são bem-vindos artigos que tratem quaisquer problemas no domínio da Engenharia de Software através da adoção de técnicas de otimização e do uso de meta-heurísticas. É particularmente encorajada a submissão de artigos que demonstram novas estratégias de busca ou descrevem a aplicação das mesmas em novos problemas da Engenharia de Software, ainda não abordadas em trabalhos anteriores. Os artigos também podem tratar o uso de métodos e técnicas para melhorar a aplicabilidade, a eficiência e a eficácia de técnicas baseadas em busca quando aplicadas a problemas da Engenharia de Software. A lista não exaustiva de tópicos de interesse é:

  • Novas estratégias de busca ou adaptações para a Engenharia de Software;
  • Aplicações de algoritmos de busca em Engenharia de Software;
  • Avaliação da efetividade de técnicas de busca em Engenharia de Software;
  • Experimentação com técnicas de busca em Engenharia de Software;
  • Aplicação industrial de técnicas de busca em Engenharia de Software.

Considerando o escopo amplo e híbrido da Engenharia de Software Baseada em Busca, técnicas de busca incluem (mas não são limitadas a):

  • Algoritmos Genéticos;
  • Arrefecimento Simulado;
  • Busca Tabu;
  • Colônia de Formigas;
  • Enxame de Partículas.

Os problemas de Engenharia de Software para os quais tais técnicas podem ser aplicadas podem ser derivados e/ou relacionados a qualquer aspecto do ciclo de vida ou de abordagens dos processos de software, a saber (mas não limitados a):

  • Engenharia de requisitos;
  • Projeto, implementação e integração de software;
  • Arquitetura de software;
  • Refatoração e transformação;
  • Teste, verificação e validação de software;
  • Manutenção de software;
  • Qualidade de software;
  • Planejamento, gerenciamento, controle e organização de projetos de software;
  • Gerenciamento de mudanças;
  • Recomendações para sistemas dinâmicos e processos de software;
  • Processos de desenvolvimento;
  • Engenharia de software baseada em componentes;
  • Engenharia de software orientada a serviços;
  • Engenharia de software dirigida a modelos;
  • Linhas de produto de software.

Deve ser fortemente ressaltado que, nem as técnicas de busca nem os aspectos e abordagens da engenharia de software são limitados aos exemplos indicados anteriormente.

Critérios de aceitação

Todos os artigos serão avaliados por pelo menos três membros do Comitê de Programa. O aceite será baseado principalmente na originalidade e contribuição para o avanço da teoria ou prática para a área. Os critérios de julgamento são: adequação ao escopo do workshop, aplicação ou relevância prática, qualidade técnica, clareza de apresentação e originalidade. A seleção considerará submissões que apresentam os seguintes tipos de trabalhos:

  • Técnicas de solução inovadoras: a técnica de solução proposta ou a sua aplicação ao tipo de problema em questão deve ser nova, mas não necessariamente consolidada, podendo, portanto, ser um trabalho em andamento. É particularmente encorajada a submissão de artigos que adotam técnicas de busca em aspectos da Engenharia de Software ainda não aplicados em trabalhos anteriores. O artigo deve apresentar uma avaliação preliminar, uma prova de conceito e/ou argumentos sólidos mostrando que a técnica proposta funciona e é escalável para problemas reais. Os resultados devem ser descritos claramente, de forma que seja possível identificar o avanço da pesquisa na área ou avaliá-los em pesquisas futuras. O artigo também deve ser claro quanto as suas contribuições no que diz respeito a trabalhos relacionados;
  • Avaliações de problemas, soluções ou abordagens: a avaliação apresentada deve focar em problemas existentes e soluções ou abordagens já propostas com métodos científicos na forma de estudos empíricos, experimentos, estudos de caso, simulações e análises formais. A avaliação apresentada no artigo, assim como suas propriedades causais ou lógicas, deve estar claramente descrita. O método de pesquisa deve ser sólido e apropriado. Os resultados devem ser relevantes, constituindo um aumento significativo ao conhecimento atual;
  • Relatos de experiência: o relato deve estar descrito claramente e o seu contexto deve ser colocado. A experiência relatada deve ser relevante e incluir dados concretos, lições aprendidas ou fatos relevantes. O artigo deve ser de fácil leitura e entendimento, permitindo que as conclusões possam ser mapeadas e aplicadas na prática em contextos similares ou relacionados;
  • Novas visões: a visão delineada deve esquematizar novas maneiras de olhar para assuntos importantes, apresentando novas ideias criativas e repensando as noções atuais. Um artigo de visão deve revelar e provocar o pensamento, provendo novas percepções do estado da arte ou prática. As ideias apresentadas devem ser originais e parecerem sólidas. Artigos que apenas apresentam uma breve ideia ou propõem pesquisa em um tópico serão rejeitados.
  • Ferramentas: estas devem obrigatoriamente empregar técnicas de otimização para a solução de problemas de Engenharia de Software. As técnicas empregadas, bem como o problema resolvido devem estar descritos no artigo. Além disso, é necessário demonstrar a viabilidade da ferramenta por meio de resultados de sua aplicação. O estado atual da ferramenta também deve ser descrito, incluindo suas vantagens/desvantagens e limitações de uso. Se possível, disponibilizar uma versão da ferramenta para a avaliação.

Formato

Os artigos podem ser escritos em português ou inglês. Todas as submissões devem seguir o estilo de formatação dos eventos da Sociedade Brasileira de Computação (SBC). Os artigos devem reportar trabalhos originais que não foram submetidos simultaneamente em outros veículos e também não foram previamente publicados ou apresentados em outros fóruns.

Os artigos devem ter, no máximo, 10 páginas, incluindo figuras e referências. Todas as submissões devem estar no formato Adobe Portable Document Format (PDF) e devem ser submetidos eletronicamente através do sistema JEMS da SBC (link) até a data limite. Para que o artigo seja incluído nos anais eletrônicos do workshop, será necessário que pelo menos um dos autores de cada artigo aceito se inscreva para apresentá-lo no evento.

Como nas edições anteriores, o melhor artigo do evento será premiado e receberá um convite para extensão e submissão em um periódico.

Datas Importantes

Data limite para registro do artigo (submissão do resumo): 22/06/2015 (firm deadline)
Data limite para submissão do artigo: 24/06/2015 (firm deadline)
Notificação de aceitação: 17/07/2015
Data limite de submissão da versão final do artigo: 27/07/2015
Realização do workshop: 23/09/2015